Você está aqui
Home > Formula 1 > 1º Episódio da Nova Temporada de Carlos Sainz Jr.

1º Episódio da Nova Temporada de Carlos Sainz Jr.

 

Para Carlos Sainz Jr., o Grande Prémio dos Estados Unidos, este fim-de-semana no Circuit Of The Américas (COTA), marca o início de uma nova fase na Fórmula 1. O piloto espanhol, até aqui a competir no seio da Toro Rosso, mudou de ‘armas e bagagens’ para a Renault. Sainz Jr. já esteve na sua nova ‘casa’, onde tomou contacto com as caras que agora farão parte da sua vida e que tanta importância terão nas suas próximas ‘aventuras’ no mundo da F1.

Aqui estão as suas impressões na sequência da primeira visita a Enstone, onde tomou contacto com os novos engenheiros e restante staff da equipa.

Quais são as tuas primeiras impressões de Enstone?
As minhas primeiras impressões são extremamente positivas, a Renault é uma equipa imensa e as instalações são realmente enormes. Tive a possibilidade de conhecer muita gente, o que também é bom. Também pude perceber que a Renault está a construir novos edifícios, o que é bastante encorajador e excitante para o futuro.

Tiveste tempo para conhecer os novos edifícios?
Dei uma vista de olhos em redor da fábrica e dá para entender que tudo está a ser construído à volta deste programa e é realmente um privilégio poder estar envolvido no progresso aqui feito e assistir aos novos recursos. Estou muito entusiasmado por ter sido escolhido para ajudar a equipa e espero poder ser útil na concretização do objetivo de chegar ao topo da Fórmula 1.

Como foi conhecer os novos membros da equipa?
É um bocado difícil pois não sou muito bom com nomes! Tenho um novo desafio pela frente com estas pessoas, mas esta é uma boa maneira de me motivar a mim próprio para conhecer as novas caras nesta equipa – especialmente pelas quatro corridas mais próximas – que nos poderão levar a um bom início em 2018.

Quais são os desafios para esta entrada nos Estados Unidos?

Será muito à volta da minha adaptação ao novo carro, pois tenho a certeza que será diferente, comparado com o carro que guiei nos últimos três anos. Vai-me levar a algum tempo de adaptação, mas será progressivo – a pouco e pouco – e o meu objetivo é estar no ritmo certo o mais depressa possível. Há enormes desafios pela frente, mas estou ansioso por eles e vou gostar muito de encontrar os limites do carro e as melhores afinações.
Austin é uma das minhas pistas favoritas do calendário, onde é possível ultrapassar. O primeiro setor é bastante impressionante num Fórmula 1, onde os carros de 2017 serão bastante rápidos! Estou mesmo muito ansioso por começar e ajuda bastante que a minha primeira corrida para a Renault seja numa pista de que gosto particularmente.

Fotos: Renault

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top