Você está aqui
Home > GT > Carros da Mercedes Vencem Corrida de Motegi e Campeonato de GT300

Carros da Mercedes Vencem Corrida de Motegi e Campeonato de GT300

 

A Mercedes levou tudo o que era possível na derradeira etapa do campeonato japonês de Super GT 300, ontem em Motegi. A corrida foi ganha pelo #65 Leon CVSTOS Mercedes AMG GT3 de Haruki Kurosawa/Naoya Gamou, que fez da estratégia a sua arma de arremesso, na prova reservada aos GT3, última da temporada de Super GT.

“Durante todo o ano, a Mercedes, a AMG e a Bridgestone, tomaram boa conta de nós”, disse Haruki Kurosawa. “Eles deram-nos um carro bastante bom e bons pneus. Este ano, optámos pela Bridgestone e começámos o campeonato com um novo ‘package’, mas também beneficiámos da boa evolução do Naoya (Gamou), que se vem tornando um excelente piloto. Sempre a evoluir e sem cometer erros, conseguimos assegurar o 2º lugar no campeonato”.

Os líderes do campeonato e autores da pole position em Motegi, Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka, saíram na liderança da corrida, no #4 Goodsmile Hatsune Miko Mercedes AMG GT3, mas pararam cedo na boxe, com uma estratégia de corrida diferente da concorrência. Nessa altura, o #55 ARTA BMW M6 GT3 de Shinichi Takagi/Sean Walkinshaw assumiu a liderança, embora tendo que se defender do possante #65 Leon CVSTOS Mercedes de Kurosawa/Gamou, que revelava excelente ritmo.

GT300_Start_Motegi
GT300_Motegi_Podio
GT300_Champions
GT300_Motegi_2nd
GT300_Motegi_3rd

Ambos os carros retardaram a sua paragem até à ultima, mas acabou por ser a dupla do Mercedes a assumir a liderança até ao final da prova. O M6 da ARTA assegurou a segunda posição, enquanto que, nas últimas voltas, O Mercedes da Goodsmile, arredou o #9 Gulf Nac Porsche 911 GT3-R de Jono Lester/Kyosuke Mineo, do 3º lugar.

O Porsche acabou em 4º, na frente do #25 VivaC Toyota 86 de Takamitsu Matsui/Kenta Yamashita, que fecharam o top cinco.

O #4 Mercedes da Goodsmile e os seus pilotos, Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka, são os novos Campeões Japoneses de Super GT 300.

“Para ser sincero, sinto mais alívio que felicidade”, disse Nobuteru Taniguchi no final. “Viemos para Motegi como líderes, mas na verdade estivemos sempre a lutar com o carro, em desvantagem e com muito pouca confiança. As coisas acabaram por correr bem e a estratégia que escolhemos revelou-se adequada. Fomos 3º e tivemos a sorte de assegurar o campeonato”.

Fotos: Super GT

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top