Você está aqui
Home > Ralicross > Mattias Ekström Oferece Vitória Caseira à Audi

Mattias Ekström Oferece Vitória Caseira à Audi

 

Mattias Ekström tornou a vencer no FIA World Ralllycross, não enjeitando a oportunidade de dar ao Audi da EKS uma vitória caseira, na ronde germânica de Estering. Para completar um excelente dia para a EKS e para a marca dos aneis, Topi Heikkinen completou o pódio, atrás do Peugeot de Timmy Hansen.

No dia da ultima etapa europeia para a temporada do 2017 FIA Mundial de RX, Mattias Ekstrōm, Campeão em 2016, não deixou passar a oportunidade de mais uma vez escrever uma história de sucesso num país onde tudo lhe tem saído bem, desta feita vencendo a final do All-Inkl.com World RX of Germany. No Audi S1 da ‘sua’ equipa, a EKS, o sueco não deu hipóteses na derradeira corrida do dia, vencendo com uma confortável vantagem de 0m2.669s sobre Timmy Hansen no Peugeot 208 WRX oficial. Ekström mostrou mais uma vez estar confortável numa pista da qual tem boas recordações, nomeadamente quando efetuou uma ultrapassagem após o arranque, que se tornou absolutamente viral no Youtube e que decerto tem lugar na história dos momentos mais espetaculares do Ralicross. Ontem não foi tão exuberante, mas foi acima de tudo, eficaz.

“Sabe muito bem vencer pela 4ª vez este ano e estar junto do Topi mais uma vez no pódio”, disse Ekstrom. “Acho que ainda só tinha acontecido uma vez, em Hockenheim, mas sabe sempre bem subir ao pódio com o companheiro de equipa. Agora vamos para a final apenas um ponto atrás do Solberg. Obviamente, a luta pelo campeonato acabou, mas quero ser o melhor até ao fim da temporada e agora o nosso foco está na etapa da Cidade do Cabo.”

O jovem Timmy Hansen, mostrou mais uma vez ser um valor seguro do clã sueco, desta feita levando o Peugeot 208 WRX ao degrau intermédio do pódio. Após ter sido o mais rápido no Q2, Hansen voltou a estar em bom nível na final, embora sem grandes hipóteses de dar mais luta ao vencedor.

A fechar o pódio, Topi Heikkinen, mais uma vez a mostrar que também se dá bem com as pistas alemãs. Heikkinen ficou à frente de Petter Solberg que correu com uma clavícula partida. O piloto norueguês da Volkswagen, embora diminuído, deu excelente conta de si, vencendo inclusive os Q3 e Q4. A luta pelo segundo lugar no campeonato, é a sua motivação. “Tive que me preparar muito para este fim-de-semana. Usei uma armadura especial para poder manter a clavícula imobilizada, mas corri todo o tempo assustado, que a situação piorasse ou com medo de levar um toque. Queria muito vencer, mas o que consegui hoje já foi uma vitória para mim e minha família”, disse Solbeg.

A fechar o top cinco, Niclas Gronholm, no Ford Fiesta.

Entre os Super 1600, esta foi a última etapa do campeonato e nela, Krisztian Szabo conservou o título da categoria, enquanto Lars-Oivind Enerberg foi Campeão nos carros de Turismo.

A derradeira etapa do FIA Mundial de RX disputa-se no fim-de-semana de 10 a 12 de Novembro, na Cidade do Cabo, África do Sul.

Fotos: Oficiais/FIA World RX, Peugeot e Volkswagen

RX_Germany_Start_RX
RX_Germany_Timmy_Hansen_1

Timmy Hansen

RX_Germany_Heikkinen

Topi Heikkinen

RX_Germany_Peter_Solberg_1

Petter Solberg

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top