Você está aqui
Home > Formula 1 > Verstappen Vence na Malásia em Fim de semana de aniversário

Verstappen Vence na Malásia em Fim de semana de aniversário

 

Max Verstappen venceu hoje o Grande Prémio da Malásia, a 15ª etapa do campeonato, naquela que foi a sua 2ª vitória desde que chegou à Formula 1, o ano passado. Saindo da primeira fila da grelha de partida, após ter secundado Lewis Hamilton no Q3, Verstappen usou toda a carga da bateria do seu Red Bull para à quarta volta suplantar o piloto da Merdedes e assumir a liderança. Com bom ritmo e o Red Bull ‘a dar asas’, o holandês soube manter o primeiro lugar, enquanto Hamilton cedo se deu por satisfeito com a pontuação que o segundo posto lhe poderia trazer, já que mais uma vez ganhou pontos ao seu mais direto adversário na luta pelo título, Sebastian Vettel.

No início da prova, Verstappen teve de se defender de Valtteri Bottas, que efetuou um excelente arranque no Mercedes, mas cedo se percebeu que para o jovem talento holandês, bem se pode receber prendas no dia seguinte ao aniversário. Um dia depois de fazer vinte anos, Max Verstappen reforça a sua posição de piloto mais jovem a vencer na Formula 1.

“É maravilhoso vencer a corrida hoje”, disse Verstappen no final. “Logo no início, pude perceber que o nosso ritmo era bom e o Lewis estava a lutar com a tração. Arrisquei e usei todo o poder da bateria que tinha para o poder passar. Sabia que como ele está a lutar pelo campeonato não ia querer correr riscos. O carro estava muito bom e o nosso ritmo com os soft foi muito melhor que o esperado. Foi uma corrida muito física e eu não tenho estado bem este fim-de-semana, mas consegui trazer o carro até ao fim. Espero que daqui para a frente as coisas corram melhor para a equipa e que possamos acabar bem o ano e começar ainda melhor o próximo. Depois de ontem, hoje não esperava estar tão rápido nem vencer, por isso estou muito feliz.”

Lewis Hamilton foi segundo, adicionando o pódio de Sepang a oito já conseguidos este ano. O inglês, reforçou a sua posição de líder do campeonato e, a cinco provas do final, está numa posição bastante confortável.

“Foi um fim-de-semana muito melhor que aquele que na sexta-feira pensámos ter”, disse o piloto da Mercedes. “Há ainda muito trabalho a fazer no carro, algumas das curvas do circuito maximizaram os nossos problemas. Hoje foi mais um passo na busca do título e cada ponto vai ser importante.”

Em autêntico dia de festa para a Red Bull Racing, Daniel Ricciardo assegurou o terceiro lugar, na frente de Sebastian Vettel que, saindo da cauda do pelotão, efetuou uma prova a todos os níveis magnífica. O alemão da Ferrari ainda tentou atacar Ricciardo para subir ao pódio, mas os pneus do SF70 ‘já eram’, pelo que teve que se contentar com a 4ª posição. Mesmo assim, teve uma boa performance no que concerne à minimização de danos, em função do que aconteceu ontem. Aliás, este não foi de todo um fim-de-semana para guardar no álbum de recordações da Ferrari, que viu Kimi Raikkonen ter de ser retirado da grelha de partida, aparentemente com o mesmo problema de motor que havia afetado ontem Seb Vettel. O carro foi retirado na esperança de ainda voltar à corrida, mas tal não veio a acontecer.

Valtteri Bottas viria a completar o lote dos cinco primeiros em Sepang, ajudando a reforçar a posição da Mercedes como líder nos Construtores.

Uma boa corrida foi também a protagonizada por Sergio Perez, ao levar o Force India a uma posição no top 6. Boa prestação foi ainda a de Stoffel Vandoorne, sétimo no McLaren-Honda, à frente dos Williams de Lance Stroll e Felipe Massa. Esteban Ocon, no outro Force India, fechou os dez primeiros em Sepang.

Fotos: Oficiais/Red Bull, Mercedes, Ferrari

Botta_Malasia_Race

Valtteri Bottas

Ricciardo_malasia

Daniel Ricciardo

Vettel_Malasia_Race

Sebastian Vettel

Verstappen_Malasia_race

Max Verstappen

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top